You are currently browsing the tag archive for the ‘carnaval’ tag.

carnaval é pra rasgar a fantasia…e pular atrás do bloco….hoje a noite, a partir das 21 horas sai dali do lado do Estadão, na Major Quedinho, o cortejo do Ilu Obá pelas ruas do centro de São Paulo….já estamos fazendo um bloco paralelo….afinal…hoje é dia de folia…

ilu

Anúncios

se você fosse madrinha de bateria teria coragem de usar o modelito abaixo ?? pois a Luma teve…e com direito a colar com águia cravejada de brilhantes com o nome Portela gravado…afinal, o Eike se foi né ?? da série mais cafona impossível…

luma-de-oliveira

para quem ficou em Sampa em plena sexta de Carnaval, a dica é o Ilu Obá de Mim…o bloco afro só de mulheres sai às nove da noite de trás do Estadão…ali no final da Consolação…mas a sista Cris mandou avisar que a concentração começa às sete…de lá, os tambores tomam conta das ruas do centro da cidade com o panteão dos Orixás…belíssimo…eu já to indo pra lá tomar meu axé…

ilu-oba.jpg

neste ano a folia de Salvador será magra…até o rei Momo afinou a silhueta para os dias de farra…como diria a música, o mundo está ao contrário e ninguém reparou….veja o que deu hoje no caderno cotidiano da folha de s. paulo…

Tribunal cassa liminar e mantém Rei Momo magro em Carnaval da Bahia

LUIZ FRANCISCO
DA AGÊNCIA FOLHA, EM SALVADOR

Após provocar a ira dos gordinhos e de ter o título de Rei Momo de Salvador (BA) cassado pela Justiça, o comerciante Clarindo Silva, 65, de 1,70 m e 58 kg, deve voltar a reinar no Carnaval deste ano.
Anteontem, o desembargador plantonista do Tribunal de Justiça da Bahia, Paulo Furtado, cassou a liminar concedida pela juíza Aidê Ouaiss, que havia anulado a eleição.
A magistrada havia determinado a realização de um novo concurso com a participação dos mesmos candidatos “gordos” inscritos anteriormente.
A escolha de Silva foi contestada por quatro candidatos de mais de 120 kg que haviam feito um “regime de engorda”.
Para o Ministério Público, a eleição do comerciante quebrou “uma tradição secular”.
O advogado da Federação das Entidades Carnavalescas da Bahia, Alano Frank, diz que Clarindo Silva vai quebrar um paradigma. “Essa história de que Rei Momo tem de ser gordo está no inconsciente coletivo. No Rio, por exemplo, esta tradição foi quebrada há seis anos.”
Segundo ele, Silva vai trazer “notoriedade” ao Carnaval de Salvador. “Ele é muito conhecido porque representa o negro, o compositor, o sambista, o Pelourinho. As pessoas vão querer vê-lo como Rei Momo.”
Por sua assessoria, a Asgobs (Associação dos Gordos e Obesos de Salvador) diz que vai recorrer da decisão.


Colaborou MATHEUS PICHONELLI, da Agência Folha reimomo.jpg