Ele adora um banho de sangue. Mesmo. Dificil foi entender porque so agora A Prova de Morte entrou em cartaz aqui no Brasil. O filme, de 2007, faz parte de uma trilogia de Quentin Tarantino com Robert Rodriguez. O primeiro, Planeta Terror (Grind House) ja estreou faz tempo por aqui. E so tres anos depois, pos Bastardos Inglorios, a pelicula chegou em terras brasilis.

A Prova de Morte se trata de um filme tipico tarantinesco. Depois de tantos blockbusters, ele finalmente volta a suas raizes. Do universo do norte-americano vem um saco de dialogos banais (porem engraçados), muita mulher de shortinho e camiseta colada, muita bebida, muita musica e carros em alta velocidade. Ingredientes tipicos de uma mente masculina, certo ? Eis a surpresa. O filme eh uma ode ao girl power.

Confesso que tem que ter estomago para assistir principalmente o começo da pelicula. Afinal, tambem esta ali o bandido com uma enorme cicatriz no rosto que dirige um carro bizarro com caveira no capo. Aquele arquetipo de filme B de terror. E eh claro que ele vai ser o responsavel pelo derramamento de sangue.

O choque dessa vez eh por conta da realidade. Afinal, carros podem mesmo se transformar em maquinas de moer gente. E carros potentes, em velocidade, sao armas fatais. Nao acabamos de ver agora nos noticiarios a historia do cara que andava de skate por um tunel fechado e foi atropelado e morto por outro tirando racha ? E o funileiro que consertava o carro nao disse que tinha vestigios de pele ainda no para-choques ?? Nao parece cena de um filme de Tarantino ??

E claro que ele nao poderia deixar de fazer a velha piadinha quando uma das mocinhas ve o bandido arrancando com sua potente maquina: “pinto pequeno”, diz ela. O carro e o falo. Ou o carro como falo ? Mas as posicoes se invertem e o malvado vira o bebe chorao e as meninas, quando provocadas e zangadas, mostram o que sao capazes. Com direito a tiros, barras de ferro e muito socos e pontapes.

Gosto mesmo do Tarantino experimental. Do filme B vem os cortes secos, chiados e rabiscos na tela. De repente, o filme fica preto e branco. Quando voltam as cores, da pra perceber a auto-referencia no carro e uniforme de cheerleader amarelo da mocinha. Ja nao vimos algo assim em Kill Bill ? Tem ate a famosa musiquinha do assovio, que vem do celular de uma das personagens. Vogue italia vendida clandestinamente em um posto de gasolina de uma cidadezinha do interior dos EUA a U$ 30 ? Um bandido que usa Ray-ban ? Um final de video game ? Frivolidades do mundo pop a la Tarantino.

E uma trilha sonora deliciosa.

Anúncios